domingo, 25 de março de 2012

A gente sente...

foto daqui.


A gente sente quando algo de bom tá pra acontecer, porque antes dá tudo errado. Dá tanto errado que a gente desiste de tentar, luta contra, pensa negativo e quando vê, tá tudo dando certo de novo. Essa é a lógica e a grande graça de viver! Sabendo que depois de toda tempestade tem aquele sol maroto nascendo por trás das nuvens enormes e pretas que estão passando.
Aí a gente pensa em melhorar. Plantar sonhos ao invés de plantar desejos de que algo aconteça. Sair da cama e ir atrás daquele emprego considerado impossível no lugar de comer mais um pote de brigadeiro e chorar que é uma inútil. Ir atrás daquela faculdade que é longe, aquela que você sempre sonhou, ao invés de ir naquela da esquina com um curso que você nem gosta tanto só porque você tem medo de ter tanta responsabilidade.
Luta, garota! Lute, garoto! As coisas são tão complicadas mas tão prazerosas quando a gente faz com o coração! Não tenha medo de mudar só porque você vai sair da sua bolha, e - deixa eu te contar uma coisa - sua bolha nem é tão grande assim! Não tenha medo de dizer adeus àqueles que você ama ou àqueles hábitos que você considerava 100% necessários por algo melhor. No fim das contas, dizer adeus a algo importante pra galgar algo ainda mais importante é sábio e a gente vê que é feito com o coração e muita dor. Sim, porque a gente sabe que não é fácil mudar. Não mesmo. Principalmente aqueles hábitos tão seus, aquelas tarefas tão suas: abrir a internet e conectar no ork..OPS, agora é facebook. Daqui a pouco é mais o que? Quem sabe?
A gente olha pra trás e lembra do orkut morrendo de rir, né? Ou a gente olha pra aqueles amigos do fundamental do colégio com nostalgia e muitas histórias pra contar, certo? Mas sabemos que aquele tempo passou, não volta mais. Mesmo que voltássemos todos com as fardas do antigo colégio, com os mesmos amigos, seria diferente. Nós crescemos. Nós mudamos. Nossos objetivos de vida mudaram; e se não mudaram tanto assim, hoje estão mais organizados.
Passei um tempo pra organizar os meus porque minha vida tava na fase nuvem negra, mas o sol já deu as caras por aqui e eu tô arando a terra pra plantar mais sonhos. Como sempre, tive que arrancar aquelas ervas daninhas e matos que atrapalham o solo. E cá estou eu, plantando hoje pra colher daqui a não sei quanto tempo, mas tenho que dizer, os frutos serão lindos e suculentos!
Não tenha medo de preparar seu solo, você não sabe o tanto de coisas boas que podem nascer nele!

_

Metáforas e textos inspirados desta pseudo-escritora à parte, venho dizer meu real propósito. E a vocês que acham que quando tem textos bonitos no blog é porque algo grande vai acontecer, digo que vocês são uns gênios kkkkk
Como vocês sabem, eu me mudei recentemente para uma cidade do "quase interior" de Pernambuco, e sofri demais pra me adaptar aos horários, ao espaço, às quase 3 semanas sem internet D: e a diversas coisas. A principal foi a redução de tempo produtivo, já que vou pra Recife e volto todos os dias. Tenho muito tempo dentro do ônibus (tempo inútil, vale dizer. não dá pra fazer nada, só cochilar e ouvir música kkk) e pouco fora dele, e preciso adaptar minha rotina ao meu espaço e ao (pouco, pouquíssimo) tempo de me dedicar à faculdade e a alguma atividade física. Dentre uma dessas decisões que tomei, o blog foi uma das partes das quais mais fiquei triste.
É, não vou mais deixar vocês no suspense: vou desativar o blog. de novo
Dessa vez não me vejo continuando com ele, não sei, mas depois de quase um mês sem postar consegui me dedicar à arrumação do meu espaço, a acordar cedo pra pegar o ônibus e a sair da faculdade a tempo de pegar o bus de volta, a me voltar aos trabalhos da faculdade que tão cada vez maiores... E depois de melhorar tanto em tantos aspectos, não me vi voltando aqui e desandando tudo.
Não entendam mal, adoooro postar, mas isso demanda tempo e criatividade e uma certa dose de paciência com a internet que às vezes me contraria, e hoje em dia meu tempo livre dá num conta gotas :\
A gente sabe a hora de parar e eu acho que essa é minha deixa.
Agradeço novamente a todas as leitoras e leitores (Caio e tio Beto representando aqui!) que me deram a maior força, sendo ou não meus amigos e familiares! Agradeço à paciência de não ver tantos posts por aqui por semana, mas mesmo assim ler o pouco que eu postava. Agradeço à força que alguns me deram ao saber da minha desistência, porque afinal, a gente desiste de um sonho aqui pra alcançar o outro ali na frente!
Meu quase um ano foi tão especial por aqui! Obrigada a todos que algum dia visitaram o blog, fui muito feliz nesse pedacinho de sonho vintage com vocês *-*

Beijos com carinho e com gominho!,
Dilla Lima

2 blábláblá:

Jéssica Rodrigues disse...

Lindo texto <3

http://www.byjessicarodrigues.com

@jescrodrigues

Ioana-Carmen disse...

Hey sweetie! Hope you`ll visit my blog and maybe...we can follow each other?:X

FashionSpot.ro

Postar um comentário

Falem aê!

 
;